liten feil

Achou que era invencível.

Saiu, lutou, morreu. Morreu na alma e abandonou seu coração na esquina.

Escreveu e apagou. Desistiu e por pouco não salvou sua vida como rascunho.

Dramática, escreveu umas mentiras e publicou. Ninguém vai ler e ninguém vai dar opinião. O que custava ela tornar sua vida mais interessante para os outros no papel. Nunca lutou nem nunca morreu.

Mas quem liga para palavras comuns, afinal morrer é sempre tão impactante. Que tal se eu contasse que nunca mais senti nada e quem achou meu coração o usa e sofre com ele até hoje? Mas é mentira. Meu coração nunca me deixou. O amor e alma nunca abandonam ninguém.

Um brigadeiro sempre ajuda. E isso não é mentira.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s